Como Tirar Frizz do Cabelo

Como Tirar Frizz do Cabelo

 

Aprender como tirar frizz do cabelo é o sonho de muitas mulheres. Afinal, nada mais desagradável do que investir em um penteado super bonito e se deparar com aqueles “fiozinhos” indesejados.

Porém, o que muita gente não sabe é que esse problema surge, na maioria das vezes, como consequência de pequenos descuidos no dia a dia. E por essa razão, montamos o nosso guia de hoje. Nele você aprenderá quais são as causas do frizz e como fazer para tirá-lo de vez dos seus cabelos.

O que é frizz?

O frizz nada mais é do que aqueles fios curtinhos e arrepiados que aparecem por todo o comprimento dos cabelos. Normalmente são fios “rebeldes” que não se rendem nem para uma chapinha ou para um finalizador.

Muita gente também chama o frizz de “fios novos”, o que não deixa de ser verdade. Mas o frizz não são somente esses cabelos que estão crescendo, muitas vezes ele é resultado de fios longos que quebraram por alguma razão.

A diferença de um para outro é que quando é um fio novo, a ponta é fina e “suave”. E quando se trata de um fio quebrado, a pontinha normalmente é mais grossa e com uma textura mais áspera.

Desse modo, cada tipo é causado por diversos fatores, e precisam de cuidados específicos para extingui-lo. Abaixo listamos as principais causas dos dois tipos de frizz:

O que causa o frizz?

Quando falamos dos fios novos, a causa é apenas uma: o seu cabelo está crescendo! Mas é claro que não podemos reduzir somente a este fator. Os fiozinhos que crescem novos também podem aparecer em maior escala por alguns motivos, que são:

  1. Você começou a tomar uma vitamina capilar: esse fator além de acelerar o crescimento dos cabelos, também faz com que novos folículos nasçam, gerando esses fiozinhos.
  2. O seu cabelo está mais fraco: mesmo que ele esteja crescendo, não significa que está forte, ok? Pois o frizz pode significar que o comprimento está ficando mais ralo e fino, dando margem ao aparecimento dos fios novos completamente desalinhados.
  3. Falta de hidratação: sabemos que é um pouco complicado hidratar próximo a raiz, principalmente se você tem cabelo oleoso. No entanto, o frizz dos fios novos podem aparecer por falta de hidratação, deixando-os mais “ouriçados”.

Já no caso dos fios quebrados, as causas incluem outros fatores:

  1. Chapinha e secador em excesso: a energia estática desses aparelhos tende a deixar os fios mais arrepiados. Além disso, o calor retira a hidratação e a força dos cabelos, fazendo com que a quebra apareça provocando o frizz.
  2. Sol em excesso: do mesmo modo que os aparelhos de calor, o sol também pode quebrar os fios.
  3. Amarrar o cabelo molhado: prender os fios ainda úmidos é um grande erro e causa o aparecimento de fios curtos e quebrados.
  4. Química em excesso: já deu para notar que todo excesso prejudica, não é? Portanto, a química também causa o frizz devido à quebra.

Como tirar frizz do cabelo

Agora que você já conheceu as causas, vamos aos tratamentos para você aprender a como tirar frizz do cabelo.

Hidratações semanais

Hidratação sempre será o primeiro passo para qualquer recuperação capilar, independente do dano. Assim, hidratar os fios pelo menos duas vezes por semana irá deixá-los gradativamente mais alinhados e maleáveis.

Com esse alinhamento, os fiozinhos antes “revoltados” começarão a se “misturar” com o comprimento. E gradativamente o frizz vai indo embora dos seus cabelos.

Reconstrução capilar

Reconstruir a massa dos fios também é importante para reduzir o frizz. Afinal, assim você evitará que o cabelo quebre e gere novos fios curtos danificados. Além disso, a reconstrução é responsável por encorpar os cabelos, e os fios arrepiados ganham mais “peso”, ficando mais baixos e alinhados.

Umectação com óleo vegetal

Outra forma super eficaz de acabar com o frizz é utilizando óleos vegetais. Por exemplo, óleo de coco e azeite de oliva extra virgem. Ambos irão reduzir o aspecto arrepiado do cabelo, deixando-o menos volumoso e mais liso.

Além de repor lipídios e nutrientes essenciais para deixar o cabelo mais saudável e brilhoso. O único ponto negativo deste tratamento é a “demora”, pois para haver um efeito satisfatório, você precisará deixar o óleo agindo nos fios por, no mínimo, quatro horas.

Não esfregue o cabelo

Este é outro grande erro: esfregar os cabelos com a toalha. Você sabia que essa atitude inocente gera um atrito imenso nos fios? E ainda, que quando estamos com os cabelos molhados a tendência é que o cabelo fique ainda mais frágil? Pois é.

Então comece a secar o seu cabelo apertando levemente a toalha contra os fios. Isso evitará a quebra devido o atrito e diminuirá o aspecto arrepiado que a toalha pode gerar. Além disso, procure usar sempre uma toalha macia, principalmente se você tem o costume de deixar a toalha enrolada nos cabelos.

Protetor térmico

Outro fator importantíssimo, mas que, muitas vezes, é negligenciado: o protetor térmico. Se você quer mesmo saber como tirar o frizz do cabelo, comece investindo num bom protetor térmico. Somente assim você poderá garantir que o seu cabelo não perca massa, hidratação e nutrientes a cada passada de chapinha.

Porém, tenha cuidado! É necessário utilizar um produto de qualidade, pois caso contrário, cremes comuns poderão “cozinhar” o seu cabelo, ao invés de protegê-lo. Ou seja, opte sempre por um produto específico para o calor e de marcas com credibilidade.

Pente de madeira

Por fim, depois de seguir todas as nossas dicas, você pode ainda finalizar o tratamento utilizando sempre pentes de madeira. Pois como a madeira é capaz de absorver a energia estática, os fiozinhos que ficam arrepiados por conta do secador e da chapinha ficarão mais “calmos”.

Além disso, todo o volume do comprimento como um todo diminuirá expressivamente. E lembre-se também que a forma de escovar conta: muito atrito e força na hora de tirar os nós podem quebrar e agredir os fios. Como consequência, o frizz e o volume aparecem. Portanto, tenha carinho pelo seu cabelo e o penteie com cuidado.

Com essas dicas certamente você terá os seus fios livres do tão temido e incômodo frizz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *